quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

O Olhar das Ilusões

por que nos iludimos em querer?!
por que queremos tanto?!
que horas tua ilusão toma conta de mim?! que horas resolves partir? ! e se perderes a hora onde irás ficar? !

gostar de alguém
não é rodar na fila gostar é levar no coração

uma falta uma lacuna uma palavra em mim
porque o homem
se atormenta tanto?!

eterna noite em mim palavras me devoram

que palavra é o teu nome em mim?!

eu tenho uma palavra para você: 
pode ser o que você quiser.

deixa te dizer:
soubestes existir,
amor é uma semente.
(gratidão)

Pétalas no chão meu coração é um caminho

desfolhastes
todas as estações

o dia corre lá fora ainda no signo de ontem

necessito do hoje
como quem necessita
do amanhã

agora vou medindo os passos que me cabem

voando baixinho escutando os sons e as intenções das minhas asas

eu tenho uma bússola o teu nome escrevi nela

festival de aspirações,
aqui escrevendo meus sonhos,
medo de mim mesmo (contradições)

fica com os retalhos do meu coração faz um enfeite e deixa no portão

outro dia fácil para viver difícil é a ausência de você

ando assim
navegando na vontade

******louca e humana em mim essa vontade de viver me arrastando **** numa vontade de amar você ****

o amor que você plantou está vivo me faz continuar



Nenhum comentário:

Postar um comentário