domingo, 1 de novembro de 2015

tanto pra dizer

eu fico a pensar
sem razão alguma
sem direito sobre o amar

eu não tenho sentido algum
nem mereço confiança
e só faço escrever palavras fáceis
quando tudo que me resta
é partir e calar

agora quando
vejo o mar
é você que vejo
quando fico só
é você ali
quando choro
o motivo é seu
quando penso demais
é em você que penso
quando não faço nada
faça planos de sobreviver
faço desenhos
na vastidão
de não te ver
faço bobagens
e teço besteiras
não quero que haja
arrependimento
quero a vida inteira

era pra te dizer
meu amor
eu não sei dizer
meu amor
eu só quero
o meu amor
queria morrer
enquanto teu amor
me ocupa assim
queria eternizar
você em mim
queria apenas viver
mas, não sei
o que te dizer,
porque em mim
há você.


4 comentários:

  1. Creio que é bem assim quando amamos, nos enchemos do outro...
    O outro toma conta de nós. Lindo D++

    ResponderExcluir
  2. sim escrevemos com todo nosso sentimento, esperamos que o outro apenas entenda e aceite o que oferecemos. Obrigado

    ResponderExcluir