quarta-feira, 4 de novembro de 2015

sobre você

a falta do amor é imensa na mão de cada homem é uma falta que cabe no mundo cabe no papel e não cabe em meu coração

a falta do amor é assim suave e cruel uma agonia sem mundo e sem céu

a falta do amor é um veneno que me mata, veneno que não mata e me deixa viver nesse castigo de querer

tudo isso é sobre você

Nenhum comentário:

Postar um comentário