sábado, 28 de novembro de 2015

recados

esses recados que joguei no teu telhado não sabem nada dos teus beijos

vou ali calar esse desespero sem você em mim

noite das ausências porque me ensinastes a amar bem no fim da minha vida?

falei de você em cada palavra em cada intenção agora vem e conforta a agonia do meu coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário