quinta-feira, 5 de novembro de 2015

recados no papel

(sobre tua cor)
palavra descabida, cheia de medida, aceitação.


(sobre o seu olhar) que tristemente fita um céu inexistente povoado de dúvidas onde o desejo se perdeu…


(sobre a insônia) quando te busco e você não vem


(sobre você) quando o mundo todo é um grande vazio.


(sobre as entregas) vem te abandonar em mim


(sobre o livro) esse papel em que deito minha alma é teu corpo que me dissolve


(sobre o amar e desamar)
encontrei uma palavra, você.


(sobre a dor) agora eu sei da falta que você me faz


quando o deus fez o homem
ela pensou, que criatura desolada, então ele fez a mulher e os anjos disseram: pensou melhor (versão da criação)



e quando a deusa fez o homem ela pensou no homem, quando a deusa fez a mulher ela pensou no mundo (outra versão da criação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário