domingo, 29 de novembro de 2015

o risco de existir

caminhos enfeitados com pedras amores de faz de conta desenhados no papel

desde que você desistiu do amor eu contemplo sua triste desistência enfeitando a dor com palavras vazias

eu prefiro existir com a minha dor a ter que afastar-se por não saber do amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário