sábado, 28 de novembro de 2015

noites de nunca mais

a noite e a madrugada uma diversão de dança
dançar é extravasar deixar o corpo falar
o dia nasce rápido tudo renasce em mim
agora uma gandaia me espera vou me esbaldar
enquanto sonho
em querer você (eu volto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário