terça-feira, 10 de novembro de 2015

noite e caminhos

a noite é um arco
sem flecha
um nome escondido
entre as letras
você é a floresta
que tudo vê
eu sou o deserto
que tudo devora
e nessa distância
existe um oásis
que tudo contorna

no caminho
que seguimos
o amor ensina
a voltar,
ele vai na frente
abrindo as portas
ela é a própria gente
que faz as portas
ele ensina os passos
do caminhar

Nenhum comentário:

Postar um comentário