quarta-feira, 25 de novembro de 2015

navegar

quando ela me diz 
que vai para o banho eu quero ser 
toda água que há

a palavra é navegar

se eu te navegar tu serás o barco eu serei o mar se eu te navegar tu serás o porto serei o ancorar se eu te navegar serás brisa eu o mar

se eu te navegar serás também o mar eu serei a onda tu serás a praia inteira

se eu te navegar tu será depois do horizonte onde vou querer chegar se eu te navegar serei a madeira da tua nau o sal de cada mar

se eu te navegar navegas em mim também sereia do meu mar tanto mar pra navegar então, amar

Nenhum comentário:

Postar um comentário