sábado, 21 de novembro de 2015

madrugadas

é nas madrugadas que minha alma se desdobra em querer viver madrugadas de sonhos que não durmo madrugadas em busca de você

e se você sorrir eu volto a sonhar se ao menos você sonhar eu sei que o dia é triste e vale acordar


Nenhum comentário:

Postar um comentário