terça-feira, 24 de novembro de 2015

diante da tua imagem

anormal é meu coração voando solitário entre sonhos e ausências voando em torno de você

saudade é uma espécie de dor
eu fumo e bebo teu amor
assim aos pedaços
em mim

um teimosia constante
que nos revela,
retribuir
sem receber


Nenhum comentário:

Postar um comentário