sábado, 14 de novembro de 2015

desejo você

entre a loucura e o tesão
eu cheiro teu perfume
nas palavras que lanças
sobre as intenções do dia

eu quero ir: disse a ilusão eu também: disse o sonhar eu vou junto: falou o experimentar e foram todos numa sensação
se atirar na ilusão de amar

as palavras são matemática
ela se multiplica
nessa força incurável
que jorra como
uma orquestra
um balé
uma torre de desejos
sempre dela

no jardim não há descanso contemplo o vazio
desenho na parede você não vê e sabe da miragem

eu quero chegar
quase morto em ti
assim poder ressuscitar
quando me falas
assim te alcançar
é tanto esforço te abraçar é sonho louco duradouro é te amar

vou correndo em direção ao teu abraço bordados de amor e teu corpo nos meus braços

o dia é uma carta de intenções escrevo: desejo leia: você



Nenhum comentário:

Postar um comentário