terça-feira, 27 de outubro de 2015

castigo

esse seu jeito de jogar pedras
e sabe acertar bem em mim

joga também tua beleza
além da tua raiva
joga em mim
tua leveza
joga teu amor em mim

teu jogo em mim aportou
vou ali
no abandono do mar

para todo e qualquer entendedor
o Bom da vida
é o Bom do amor

a mulher que sonho
me vigia armada
de faca nua e afiada
a mulher que sonho
me aponta arma
me alimenta alma
e me traga em palavras

e não tenha medo dessas palavras
exageradas que beiram o abismo...
já estamos nele.

eu que sou o monstro 
do abismo mais profundo que há,
todavia lá no fundo de tudo
eu sei que ainda posso amar.

meu coração é um peshmerga
ele saiu, foi passear
juntar palavras nas calçadas
e esperar você passar

quando o velho continente do amor
naufragar em mim
eu quero viver
nas montanhas
que restar

quando enfim
meu coração se for
eu voltarei de novo
numa assombração
de amor...

alguém já disse como conduzir teus sonhos? !
alguém já sonhou por você? !
alguém já te fez sonhar? !
alguém já ajudou nos seus sonhos? !
alguém já semeou sonhos no seu sonhar?
alguém já ofereceu o espaço para teu sonho realizar? !
alguém merece o sonho do teu sonhar? !

fico falando só
tudo em mim é estranho
dança de aproximar

Nenhum comentário:

Postar um comentário