quinta-feira, 25 de junho de 2015

Palavras de Cumplicidade...

Desliguei tua imagem
Um estalido de botão
Me trouxe de volta
O peso do mundo real...

No primeiro instante da mudança
é onde acontece a magia...
Onde o eu se faz diferente...

Esse quintal
É chão de ideias...
Um enredo de simplicidade...
Que resolvemos dificultar..,

Orgulho e solidão...
Seguimos surdos
Acenos em vão...
Tropeçamos em nossos limites.

Ela ficou triste e séria.
Desaprendeu a brincar com fogo...
Esse amor assim é loucura...  
E desde quando o amor tem razão...
E ela tão distante, resolveu esconder-se... 
O amor assim guardado é uma dor...
É o fogo que afugenta o temor...

A eternidade é uma bolha querendo explodir...
As escolhas nos definem...
São as escolhas que importam...
Não basta ser louco tem que dar motivos para as pessoas...


Nenhum comentário:

Postar um comentário